english
 
Paulo Martins nasceu no Rio de Janeiro, Brasil.

Arquiteto formado pela UFRJ, começou a trabalhar também em cinema em 1968. Produziu e dirigiu vários curtas em 35 mm, além do longa-metragem "IPANEMA ADEUS", de 1974, com um elenco de estrelas, como Hugo Carvana, Bibi Vogel, Monique Lafond.


Premiações:


ARTE PÚBLICA

Bienal de Paris, 1968

Festival de Cinema de Brasilia, 1968

Information, MOMA, The Museum of Modern Art, Nova Iorque, 1970


A CIDADE CRESCE PARA A BARRA

Prêmio Anual, Instituto de Arquitetos do Brasil, IAB, 1970

Produtor musical e músico, realizou trilhas para seus filmes, compostas e regidas por renomados artistas, como Guilherme Vaz, Luiz Bonfá e Paulo Moura.


Seu grupo de música, TEATRO DO SOM, iniciado em 1985, reuniu vários artistas conhecidos:

Andrea Ernest Dias (flauta), Arthur Cabral (sax), Bernardo Quadros (bateria), Carlos Sergipe (percussão), Chico Costa (sax), Dôdo Ferreira (baixo), Jorge Degas (baixo), Karl Berger (piano, vibrafone), Karla Sabah (cantora), Leandro Verdeal (produtor), Marcos Zama (percussão), Margarita Schack Koellreutter (voz), Mike Ryan (trompete), Papito (baixo), Paulo Moura (sax, clarineta), Paulo Muylaert (guitarra), Paulo Steinberg (violão,sitar), Peninha Haikal (percussão), Pernan Santos (violão), Ricardo Feijão (baixo, violão), Luis Sobral (bateria).


Neste grupo teve a colaboração das bailarinas Carmem Thompson, Ceila Portilho, Giselle Ruiz, Lucia Prata, Maira Mattar, Marcia Collins, Marcia Feijó e Maria Alice Poppe.


Produziu 6 (seis) albuns:

PAISAGENS IMAGINÁRIAS, 1997

MÚSICA PARA MEDITAÇÃO, 1989/2000

TEATRO DO SOM, 2002

CONSTELAÇÕES, 2005 (produzido por Savalla Records)

RUMO A SEDNA, 2005 (em parceria com Tomás Improta)

PAULO MOURA E TEATRO DO SOM, 2011 (lançado pela gravadora Biscoito Fino, RJ)



CD "Paulo Moura & Teatro do Som" 2010
Leandro Verdeal (produtor), Paulo Martins (flauta e sintetizador), Paulo Moura (clarineta e composições), Alex Meirelles (teclados, voz e composições).


Teatro do Som em 1985
Ricardo Feijão (baixo), Paulo Martins, Carlos Sergipe (percussão), Alex Meirelles (teclados).


IPANEMA ADEUS (longa-metragem, 1974)
Jorge Durán (assistente de direção), Dileny Campos (diretor de fotografia), Ayrton Ventura (maquinista), Ulisses Moura (eletricista), Paulo Martins (diretor) e Hugo Carvana (ator) - foto Christian Rulhe